“Quem me conhece hoje não pode imaginar que fui rejeitada pelos meus

pais, abusada sexualmente na minha adolescência e depois abusada emocionalmente e fisicamente. Quando a mulher aprende a ver além das circunstâncias que passou na vida, torna-se ainda mais forte. Hoje sou casada, muito feliz, não tenho nenhuma sequela do meu passado, pelo contrário, utilizo-o para ajudar outras mulheres como eu já fui.” Márcia Pires: “Eu sou uma Raabe! Não perca dia 27 de Maio, Terça-feira Lisboa: Alameda D. Afonso Henriques, nº35 às 19h (próximo da estação de metro) Porto: Rua Egas Moniz, nº485 às 19h30 E-mail: projetoraabe@iurd.pt Contacto: 961 228 527